• Alexandre T. Rosário

Respiração, importante recurso !

A respiração é algo natural e essencial para a nossa existência. E podemos utilizar a respiração como um dos mais valiosos recursos para o nosso bem estar físico, mental, emocional e espiritual. A sabedoria milenar dos iogues nos ensina a prática respirtatória denominada Pranayama (Prana = energia vital ; Yama = controle). Além da yoga várias outras religiões e práticas espirituais e/ou energéticas adotam a prática respiratória como ferramenta importante para o maior equilíbrio energético, mental, emocional e físico.


Ao simplesmente praticar a respiração lenta e profunda, exercitamos a atenção plena. Passamos a direcionar a nossa atenção para os detalhes das sensações do nosso corpo, calor, frio, pontos que estão relaxados ou tensos, pontos com dor, etc. Passamos a perceber o ar entrado e saindo das narinas e o tórax e o abdômen inflando de ar e desinchando ao expirar. Começamos a nos perceber e sair do foco do exterior para o interior.


Pode-se iniciar com olhos abertos, percebendo o ambiente e os detalhes dos sentidos e tudo que está a nossa volta.


Lentamente durante a prática respiratória a tendência é a nossa atenção ir para o interior.

Pela respiração, o ar inunda o nosso organismo de gás oxigênio (principalmente). Isto nutre todo o nosso sistema, nossas células. O corpo relaxa, libera uma série de hormônios e passamos a ficar mais calmos, relaxados e presentes. Nossas ondas cerebrais diminuem e os pensamentos ficam reduzidos. Lembre-se que quando estamos nervosos, nossa respiração fica curta e fica mais difícil raciocinar e assim agimos mais por impulso. Menos oxigênio no cérebro e hormônios de estresse circulando em nosso organismo.


Nestes tempos de vida estressante com muitos estímulos sendo bombardeados em vários canais diferentes, vemos cada vez mais pessoas sofrendo da síndrome de pensamento acelerado e na ansiedade disto tudo temos a respiração curta e ofegante.


Bem, o que fazer ? Nada melhor do que intercalar o dia sempre que lembrar de respirar profundamente. Melhor ainda se incorporar este hábito em tudo que faz: dirigindo, trabalhando, cozinhado, estudando, participando de uma reunião, fazendo amor (rs), etc.


Experimente respirar profundamente e lentamente várias vezes. Encha o seu ser de prana (energia vital). E pratique a atenção plena, que é estar atento porém relaxado, sereno. Esta prática ajuda a trazer a consciência para o aqui e agora e sair do modo automático, ou como alguns chamam do modo zumbi. Veja o que acontece com sua vida. Principalmente aos mais nervosos, ansiosos, explosivos, é uma excelente prática e um recurso que está nas nossas mãos e não custa nada. Já diziam os antigos: respire fundo e conte até 10.


Aqui vai uma outra prática de respiração:


A 6-3-6-3. Segue abaixo os passos:


1. Inspire em 6 segundos.

2. Retenha o ar nos pulmões cheios por 3 segundos.

3. Expire (solte o ar) em 6 segundos, esvaziando totalmente o ar dos pulmões.

4. Retenha a respiração com os pulmões vazios por 3 segundos.

5. Volte ao passo 1.


Repita este ciclo o número de vezes que achar necessário. Com a prática é natural ir aumentando o tempo. Faça antes de sair de casa e antes de dormir ou sempre que desejar e experimente a mudança de seu padrão vibratório.


A prática pode variar para outras combinações de tempos como por exemplo 7-7-7 (inspire em 7s, retenha em 7s e expire em 7s), 7-14-7-7 (inspire em 7s; retenha o ar por 14s; expire em 7s; retenha a respiração vazia por 7s).


Basta pesquisar na internet e você irá achar uma infinidade de outras práticas.


Durante a prática respiratória, você pode combinar afirmações, sons, mantras, visualizações de cores, símbolos, imagens, etc.


Se não quiser sofisticar, simplesmente respire e relaxe.


Boa prática !

3 visualizações0 comentário